Pedaço De Mim – Chico Buarque.

Oh, pedaço de mim
Oh, metade afastada de mim
Leva o teu olhar
Que a saudade é o pior tormento
É pior do que o esquecimento
É pior do que se entrevar

Oh, pedaço de mim
Oh, metade exilada de mim
Leva os teus sinais
Que a saudade dói como um barco
Que aos poucos descreve um arco
E evita atracar no cais

Oh, pedaço de mim
Oh, metade arrancada de mim
Leva o vulto teu
Que a saudade é o revés de um parto
A saudade é arrumar o quarto
Do filho que já morreu

Oh, pedaço de mim
Oh, metade amputada de mim
Leva o que há de ti
Que a saudade dói latejada
É assim como uma fisgada
No membro que já perdi

Oh, pedaço de mim
Oh, metade adorada de mim
Lava os olhos meus
Que a saudade é o pior castigo
E eu não quero levar comigo
A mortalha do amor
Adeus.

Já faz algum tempo, bem assim distante e ao mesmo tempo tão presente e sufocante. No começo eu realmente não sabia muito que aquilo poderia realmente significar. Afinal, o que diabos é terminar alguma coisa? Quais serão as implicações e jugos sobre minha vida? Vêm separações, concretas – em carne e osso, com uma mão bem caprichada de sentimentos – e subjetivas – uma ideia de como prosseguir com alguma coisa que começava a fazer um pouco mais de sentido.

É, saudade é pior do que esquecimento, pois é como um gosto bom no céu da boca – talvez meio azedo no começo e adocicado no final das contas. Você pode nunca mais sentir aquilo, e se sentir, certamente não será a mesma coisa… Não é a primeira vez de novo, e você normalmente não tem essa tranquilidade para entender isso. O que eu quero é ter aquilo só mais uma vez! É por isso que esquecer é simplesmente mais fácil: não há  sobre o que pensar, então não se há desgaste emocional e mental com aquilo. É simplesmente deixar a coisa toda seguir e ser apenas humano.

Estou com uma preguiça louca de prosseguir isso aqui, além de algum tipo de força misteriosa da minha consciência. Vou deixar que a música de Chico Buarque faça a maior parte do trabalho.

Saudade é uma grande merda, mas é uma coisa que realmente vale a pena sentir de vez em quando.