Coração impaciente.

Eu assustei o mundo com o que eu tinha a dizer.

Destruí tudo de mais belo para poder ter um pouco de paz.

No dia de maior prazer,

O céu azul foi embora rápido demais.

E para a minha maior tristeza e amargura,

apenas eu estava lá.

.

Sorriso desenhado pelas mãos de um amador,

mãos frias e peito saltitante;

um último olhar e uma decisão:

não quero ser, senão, um coração impaciente.

 

Rodrigo Viana Passos.